setembro amarelo suicídio

“Tanta gente lutando pela vida…”

Meu post de hoje é mais um sobre o Setembro Amarelo, que tem o objetivo de prevenir o suicídio. Quero falar sobre um argumento muito usado por quem não tem pensamentos suicidas, para tentar ajudar quem tem. O problema é que essa frase é ambígua e desconsidera toda a luta diária enfrentada pelo suicida.

Várias pessoas acreditam que argumentos como “muita gente está doente lutando pela vida enquanto o suicida reclama da sua” fará ele reconhecer que está errado e mudar de uma hora para outra. Se você pensa que essa frase vai salvar a vida de alguém, quero dizer-lhe que você está muito errado, sinto muito.

Claro, existem pessoas ao redor do mundo lutando para sobreviver. Pessoas com câncer, pessoas baleadas, pessoas com doenças genéticas, pessoas que passam fome, tudo isso é real e trágico. E nós temos sim que ser gratos por nossa vida. Não estou dizendo que, essencialmente, a frase está errada.

O problema que muitos não conseguem ver é que quem luta contra pensamentos suicidas já está incluso nesse grupo. Diariamente, essas pessoas se levantam, tentam cumprir seus compromissos, a todo momento dizem não às vozes que tentam convencer-lhes de que não merecem a vida e terminam um dia que nem sequer gostariam de ter começado!

É muito cansativo e exige muita energia travar (e ganhar!) uma batalha com sua própria mente todos os dias. Cada vez que você acusa alguém por “reclamar de mais” e ter pensamentos suicidas, desconsidera essa luta diária.

Você desconsidera como é difícil para a pessoa sentir que é um peso para os outros, e até reforça esse sentimento. Você simplesmente ignora que a dor de um não anula a do outro e vice e versa.

O máximo que conseguirá com isso é trazer mais culpa sobre o suicida, podendo aumentar o problema. Você conseguirá fazê-lo sentir um lixo, como se merecesse menos a vida por não saber aproveitá-la. Cuidado!

Quem pensa em suicídio necessita de apoio e compreensão, não de julgamentos ou conselhos. Você não precisa nem mesmo se preocupar com o que dizer, apenas se preocupe em ser um bom ouvinte e evite comparações  inúteis. Entenda como a pessoa está sofrendo e se esforçando para vencer esse desafio. Ela merece seus elogios, não suas críticas.

E, a você que está nessa batalha, quero te dar os parabéns! Me orgulho muito de você por ter sobrevivido 100% dos seus dias até hoje. Continue mantendo-se forte, eu amo você!

Permita-se sentir orgulho de sua própria vitória e nunca desista. Mesmo que pareça impossível hoje, aquilo que você enfrenta vai passar. Um dia você irá olhar pra trás e sorrir pensando em tudo que já venceu!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.