Suicídio entre indígenas é três vezes maior que a média nacional
suicídio

Suicídio entre indígenas é três vezes maior que a média nacional

Nesse Dia do Índio, precisamos falar sobre o suicídio entre os indígenas. O número de jovens dessa população tirando a própria vida tem subido assustadoramente. Assim, fica clara a necessidade de mais trabalhos de prevenção.

Segundo o Ministério da Saúde, a média nacional é de 5 suicídios para cada 100 mil habitantes. Contudo, entre os indígenas o número sobe para 15 mortes a cada 100 mil. O problema afeta principalmente os jovens, sendo que a faixa dos 10 aos 19 anos representa 44% deste total.

Estes números mostram uma realidade dura, de falta de perspectiva de vida dessa população. As aldeias passam por problemas como alcoolismo, uso de drogas, depressão e uma série de fatores que culminam nessa triste estatística.

Uma das causas apontadas é o conflito cultural do jovem que já não pode seguir as tradições de seu povo, mas também não vive como os brancos. A desestruturação causada pelas constantes disputas por terra, também tem um impacto direto na qualidade de vida.suicídio entre indígenas é um problema de todos nós

O suicídio entre indígenas é problema de todos nós

Essas pessoas enfrentam a destruição do seu modo de vida, ao perder sua casa e o valor de suas tradições. Confinadas em uma pequena porção de terra, muitos buscam na morte uma alternativa. É o preço da destruição de um povo, devido a outro não compreender a beleza da pluralidade.

O Dia do Índio deve ser mais do que um dia para as crianças se pintarem nas escolas. Precisamos falar sobre a falta de direitos e de perspectiva que os nativos brasileiros enfrentam. Quando uma parcela da sociedade está se autodestruindo, é necessário uma mobilização coletiva. Precisamos entender o que ocorre e criarmos mais métodos de prevenção.

Não existe uma só forma de viver. O modo que vivemos nas cidades, não significa melhor qualidade de vida. O povo indígena pede sua identidade de volta, seu espaço, sua vida. O Brasil é um país lindo, mas que ainda não aprendeu a dar espaço para todos os seus moradores – especialmente os que estavam aqui antes dos outros.

Créditos da foto usada na capa: Mídia Ninja / Mobilização Nacional Indígena. Disponível em: https://goo.gl/gyNdSS

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.