O que eu não gosto na “positividade”
psicofobia Recuperação

O que eu não gosto na “positividade”

Ser positivo exige treino

É muito comum vermos na internet posts sobre “positividade”, “gratidão”, “escolher ser feliz”. Mas eu devo confessar que não gosto muito dessa história. Na verdade, muitas vezes as pessoas usam isso para fazerem afirmações psicofóbicas e desrespeitar pessoas com doenças mentais.

Ter uma doença mental é ter uma doença de verdade e mudar o foco para algo positivo não vai ser capaz de curá-la. É preciso tratamento. Você não é fraco se não consegue pensar positivo. Isso requer prática e muitas vezes acompanhamento com psicólogos.

Nesse vídeo eu explico um pouco mais sobre o assunto:

Agora, existem coisas boas em ser mais positivo. Ao mudar a forma que nosso cérebro está acostumado a pensar, fortalecemos nosso psicológico e melhoramos nossa saúde mental. Porém, antes de tudo é preciso conhecer seus padrões de pensamento.

Está rolando aqui no blog um desafio focado no autoconhecimento, uma boa maneira de começar. É o Projeto Ápice, que trás desafios mensais com temas como autoestima e foco.  Para ficar por dentro de tudo, siga as redes sociais procurando por @vcnestasozinhx e se inscreva no canal.

Não se sinta cobrado por não estar dentro dessa esfera de positividade e gratidão. Se você tem estado negativo e acha que pode estar com alguma doença mental, procure ajuda profissional e respeite seu tempo. É preciso muito treinamento para conseguir mudar.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.