7 sinais de um relacionamento tóxico
Projeto Ápice Relacionamentos

7 sinais de um relacionamento tóxico

O desafio do Janeiro Detox dessa semana é sobre as pessoas ao nosso redor. É importante pensarmos sobre isso, pois somos seres sociais e muito do que acontece em nossas vidas é influenciado pelos que estão próximo de nós. Para melhorar nossa qualidade de vida, também é importante melhorarmos a qualidade dos nossos relacionamentos.

Primeiro, não to dizendo para sair cortando relações com todo mundo que não lhe agrada. Mas é preciso refletir sobre quem são as pessoas em nossa vida e porque elas estão conosco.

É importante buscarmos relacionamentos saudáveis, onde uma pessoa busque levar a outra a crescer, de forma recíproca. O melhor amigo para nossa saúde mental é aquele que torce por nosso sucesso e nos ouve quando não estamos bem.

Infelizmente, são poucas as pessoas que estarão conosco para sempre. Algumas pessoas aparecem em nossas vidas para ensinar alguma lição, outras para aprender conosco e algumas irão nos acompanhar numa jornada de crescimento mútuo.

Entretanto, alguns relacionamentos se tornam desbalanceados quando apenas uma pessoa se beneficia, ou mesmo nenhuma. São “amizades” em que uma pessoa toma espaço da outra e a prejudica.

Às vezes, a pessoa se torna dependente, precisando se alimentar de nossa energia para crescer. E isso não é bom para ninguém. Nós, somos “drenados” e elas, perdem parte de sua liberdade.

Outras vezes, porém, nós é que estamos nesse papel. Sim, pois somos seres em desenvolvimento e também cometemos erros. Por isso, é preciso avaliarmos o modo que nos relacionamos com as pessoas e como deixamos que elas se relacionem conosco.

Fique atento no modo como você convive com as pessoas. Algo pode estar indo mal quando:

  1. Uma pessoa exige ser prioridade para outra. Quando um dos lados exige que o outro esteja disponível quando ele precisa. Tenta forçar a pessoa a cortar contato com outros amigos ou faz drama para o outro se sentir mal por se divertir.
  2. Uma pessoa constantemente faz a outra se sentir insuficiente. A pessoa quer sempre mais, o outro precisa fazer mais e mais para provar seu amor/ amizade.
  3. Uma pessoa manipula ou chantageia a outra. Às vezes é sutil, como chorar para fugir de uma briga e fazer o outro se sentir culpado ou dizer que vai se matar se vocês se afastarem.
  4. Uma pessoa tenta mudar a outra para ser como ela precisa, ou impedi-la de progredir. A pessoa tenta fazer o outro caber no mundo dela e cria empecilhos para que o outro não melhore aspectos que não lhe serão favoráveis.
  5. Uma pessoa faz a outra acreditar que ficaria sozinha caso se afastasse. Ela mantém a outra presa no relacionamento, alimentando a crença de que ninguém mais a amaria por tal e tal motivo. Ela age como se a outra fosse complicada demais para ser aceita, difícil demais para ser amada. Desse modo, a pessoa aceita os problemas da outra, por achar que não conseguiria nada melhor.
  6. Vocês nunca conseguem conversar sobre um problema. Uma pessoa sempre dá um jeito de virar a discussão para uma característica da outra, então vocês nunca conseguem falar sobre consertar as coisas.
  7. Vocês sempre brigam pela mesma coisa. Vocês discutem todo dia pelo mesmo motivo, sem conseguir mudar essa situação. A outra pessoa sempre justifica apontando suas falhas e não as dela.

Quando a gente fala de desintoxicar nosso dia a dia, para podermos crescer, também significa trabalharmos com qualquer relacionamento que esteja sendo tóxico em nossas vidas.

Percebeu que você está agindo assim com alguém? Nunca é tarde para melhorar. Repense e busque uma forma de vocês poderem crescer juntos. O primeiro passo para melhorar nossa vida é estar disposto a mudar para isso. Afinal, não adianta agir do mesmo modo esperando um resultado diferente.

Reparou algum desses sinais em alguma pessoa que você convive? Observe o quanto isso afeta sua vida e como você pode lidar com a situação. Seja firme e não tenha medo de se priorizar. Respeite o outro, mas também exija sua parte.

Descubra o que acontece nesses relacionamentos que te faz mal. Se isso persiste, pense sobre se afastar um pouco dessa pessoa e buscar quem te faz bem. Parece cruel, mas entenda, um relacionamento desbalanceado impede as duas partes de crescer.

Talvez você precise focar em confiar mais em outras pessoas. Ou talvez precise de fato cortar o contato com alguém. Só quem sabe essa resposta é você mesmo. Você só vai evoluir quando deixar de lado o que te puxa para trás.

Reflita e faça o que achar melhor, seja tentar um acordo para melhoras as coisas ou se afastar. Não acredite que você precisa de quem te faz mal. Você não é difícil de ser amado. Comece por se amar e não deixar ninguém invadir sua sanidade.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.