Demi Lovato lança música “Sober” sobre vícios e recaídas
EntreteniMente Recuperação

Demi Lovato lança música “Sober” sobre vícios e recaídas

Alguns nomes se destacam no ativismo sobre saúde mental e um deles é sem dúvida a cantora Demi Lovato, que compartilha abertamente sua luta com transtorno bipolar, vícios, transtorno bipolar e automutilação. Dia 21/06, ela lançou a música “Sober”, falando sobre vícios e recaídas.

Demi Lovato é uma cantora compositora e atriz norte-americana, que faz sucesso desde a infância. Em 2010, ela se internou em uma clínica de reabilitação, para tratar de seus problemas com alcoolismo, uso de drogas, automutilação e bulimia.

Nos últimos anos, ela tem sido muito transparente ao falar sobre sua jornada e como o diagnóstico de transtorno bipolar afeta sua vida. Além disso, ela criou uma bolsa para ajudar pessoas que não podem pagar por seu tratamento.Demi Lovato, em imagem de divulgação de sua música "Sober"Demi Lovato, em imagem de divulgação de sua música “Sober”

A música “Sober”

No clipe lançado essa semana, a cantora se desculpa por ter recaídas após seis anos sóbria – fato que ela comemorava junto aos seus fãs. É uma melodia triste e emocionante, com uma letra que traduz um sentimento que muitos irão se identificar.

“Eu não sei, eu não sei, eu não sei, eu não sei por que / Eu faço isso toda, toda, toda vez / É só quando estou sozinha / Às vezes eu só quero me esconder / E eu não quero lutar / Eu tento e tento e tento e tento e tento / Apenas me abrace, estou sozinha” ela afirma no refrão.

Confira abaixo minha reação ao assistir o clipe pela primeira vez:

Para conferir a música completa, clique aqui.

As recaídas

A recuperação de um transtorno mental não é fácil, muito menos instantânea. Ao invés, é um processo de auto superação, onde vão acontecer recaídas. Em alguns momentos, vai ser difícil continuar lutando e vamos dar alguns “passos para trás”.

Isso é normal e apenas parte da recuperação. Contudo, as recaídas costumam vir acompanhadas de sentimentos de fracasso, tristeza e culpa.

Porém, é possível lidar de maneira saudável. Clique aqui para conferir três dicas de como lidar com as recaídas.

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.