The Good Doctor – A história de um médico autista
EntreteniMente espectro autista

The Good Doctor – A história de um médico autista

O EntreteniMente está de volta trazendo a crítica de The Good Doctor (“O Bom Médico” em tradução livre), uma série americana que estreou em 2017. A série retrata a história do cirurgião residente Shaun Murphy, que está no espectro autista.

Shaun enfrenta resistência para ser contratado, já que muitos não acreditam que alguém com autismo possa ser um bom médico. Ele possui uma forma mais leve do transtorno, mas ainda assim tem grandes dificuldades para se comunicar.

Além disso, ele possui Síndrome de Savant, um raro distúrbio onde a pessoa apresenta uma grande habilidade intelectual junto com algum sério déficit, nesse caso ocasionado pelo transtorno do espectro autista.

Dr. Murphy parece fazer inimigos instantaneamente devido o preconceito, que infelizmente é muito comum para pessoas com transtornos mentais. Porém, o diretor do hospital defende que sua genialidade para a medicina compensa todas as dificuldades.

Houveram muitas críticas negativas ao episódio piloto da história. Contudo, alguns pontos sempre foram elogiados. Enquanto alguns se apaixonaram instantaneamente, outros acharam que seria um drama clichê e com muitos pontos fracos no elenco.

A série foi construída com vários flashbacks que também foram duramente criticados. Contudo, eles estão bem colocados na trama, criando uma história sólida da trajetória de Shaun.série The Good Doctor médico autista

Vale a pena assistir The Good Doctor?

É importante salientar que o médico protagonista não representa a grande maioria dos casos de autismo, devido ao savantismo e de possuir uma forma mais leve do transtorno.

Inclusive David Shore, criador de House e produtor da série, afirmou que Shaun não está lá para representar o autismo: “(…) ele é um personagem específico , ele não está lá para representar o autismo, ele está lá para representar só o Dr. Shaun Murphy“.

Em minha opinião, é um ponto positivo para a trama. O autismo não é tudo que o indivíduo é e nem todo autista é igual. Não é uma série sobre autismo, é uma série sobre uma pessoa específica no espectro autista.

Os desafios trazido pelo autismo da personagem principal é retratado precisamente, mas sem estereótipos e sem colocar isso acima da individualidade do jovem.

Ao assistir o piloto, também tive a impressão de que a série seria bem clichê. Contudo, ela se desenvolve com excelência e você se apaixona um pouco mais cada episódio.

No fim, The Good Doctor entrou para minha lista de séries favoritas que eu acho que todos deveriam ver. A trama é leve, bem construída e com uma importante mensagem de conscientização.

Confira abaixo um trailer da série e se apaixone:

1 thought on “The Good Doctor – A história de um médico autista”

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.