10 mitos sobre automutilação
automutilação

10 mitos sobre automutilação

É um grande tabu falarmos sobre pessoas que se machucam de propósito. Existe muito preconceito e muitos mitos sobre automutilação. Segundo uma reportagem do Fantástico, 20% dos jovens brasileiros se automutilam. É um número muito alto, mas ainda existe muitas ideias erradas sobre o assunto.

Esses preconceitos dificultam o acesso a tratamento das pessoas que passam por isso. Especialmente quando trata-se de um menor de idade, sem o apoio da família. Às vezes as pessoas agem como se fosse uma escolha, como se fosse por querer chamar atenção. Mas não é assim.

Automutilação é um problema sério, um sinal de sofrimento emocional. É preciso ficar atento, pois quando a pessoa se encontra nessa situação, muitas vezes está sofrendo de algum transtorno e precisa de apoio.

Se machucar para lidar com algum sentimento ruim pode se tornar um vício. Nesses casos, a pessoa não pode simplesmente escolher parar, mas vai precisar de tratamento e de um processo de recuperação que não será instantâneo. Confira dicas de como parar de se automutilar clicando aqui.

Confira 10 mitos sobre automutilação

Uma das principais ferramentas contra o preconceito é a informação. Por isso, se você acha que esse conteúdo pode ser útil para ensinar pessoas que hoje acreditam nesses mitos, ajude compartilhando em suas redes sociais. Juntos, podemos trabalhar pela conscientização!

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.